Danfoss palestrará na 12ª Conferência Internacional do GBC Brasil

Maior evento de construção sustentável da América Latina acontece entre os dias 22/11 e 06/12. Apresentação da multinacional dinamarquesa será feita logo após a abertura

Na próxima segunda-feira, dia 22, a partir das 14 horas, a Danfoss, multinacional dinamarquesa que fornece equipamentos e soluções de refrigeração, climatização, automação e hidráulica para diversos setores como o de construção civil, fará uma apresentação via Internet sobre o tema “Soluções Inteligentes para Edifícios Eficientes”. A palestra, que será ministrada por João Fernando Aguena, engenheiro de Vendas Sênior; e Fellipe Dias Oliveira, engenheiro de aplicação em HVAC; ambos da Divisão de Climate Solutions da Danfoss do Brasil, é parte da programação da 12ª Conferência Internacional do GBC Brasil, o maior evento de construção sustentável da América Latina e que terá a sua abertura neste  22 de novembro e tem como tema principal “Edificando Ideais Humanos”.  O evento será realizado de forma virtual, ainda por conta das restrições sanitárias, e consistirá em 15 dias ininterruptos de palestras técnicas, master séries, entrevistas com especialistas e outras atividades relacionadas à construção sustentável. No entanto, conforme os organizadores a expectativa é que as palestras contem 10 mil participantes. As inscrições para o evento são gratuitas e podem ser feitas pelo site www.greenbuildingbrasil.org.br .

Dados – Segundo dados do GBC Brasil, as construções sustentáveis no Brasil seguem em crescimento, registraram um aumento de 28% em 2020 apesar da pandemia e este ritmo deve se manter em 2021. Além disso, outros indicativos de como o segmento está aquecido são o aumento da procura pelas certificações no segmento residencial, em grandes condomínios de bairros, a nova certificação para interiores, a interiorização do movimento e a consolidação de outros projetos e ações do GBC, como as edificações autossuficientes em água e energia e discussão e aplicação de políticas públicas nessa área. A exposição dos especialistas da Danfoss do Brasil abordará justamente as principais soluções para economizar energia em edificações e levando em consideração o conforto dos usuários, tomando como base a expertise da companhia em equipamentos inteligentes para os sistemas de HVAC e aquecimento de prédios comerciais, hospitais, shopping centers e aeroportos, entre outros locais. A multinacional tem um longo histórico de produzir e estimular a adoção de componentes que visem a um uso mais eficiente de recursos como água e fontes de energia como a hidráulica, térmica e eólica, além de incentivar o desenvolvimento de alternativas para reduzir as emissões de carbono e dependência de insumos que possam causar prejuízos ambientais. “Nós temos atuado em diversos projetos em vários países para contribuir com a promoção da sustentabilidade de modo geral, atuando junto a empresas, organizações e até mesmo governos. Assim, estar na Conferência do GBC Brasil é mais uma excelente oportunidade para isso, especialmente por abordarmos questões como eficiência energética e inovação e isso tem relação direta com duas megatendências fundamentais para os negócios da Danfoss, que são as mudanças climáticas e urbanização. Por meio de nossas divisões de refrigeração e climatização, automação industrial e hidráulica, todas com soluções que tem como um de seus objetivos ser sustentável, buscamos reforçar a importância de se dispor de tecnologias que sejam amigáveis para o meio ambiente”, explica Renato Majarão, diretor de Vendas da divisão de Climate Solutions da Danfoss América Latina.
A presença da Danfoss na conferência do GBC Brasil marca uma atenção especial que a empresa dedicou à construção sustentável durante o mês de novembro. Além dessa participação, a multinacional dinamarquesa realizou no último dia 10 um painel de discussões via Internet com o tema “Viva da transição verde: descarbonização de edifícios e sua construção”. Estiveram nesse debate especialistas no assunto representando a ONU e as cidades de Copenhague e Varsóvia, além de executivos da própria Danfoss e da Barslund, companhia dinamarquesa de engenharia, projetos e construção de infraestrutura de pequeno, médio e grande portes. O painel foi um evento paralelo à COP26, que aconteceu entre os dias 1º e 12 desse mês em Glasgow, no Reino Unido.

COMPARTILHE