Enel Brasil entrega equipamentos para apoiar a vacinação em 06 municípios da Grande SP

    Serão disponibilizados 137 equipamentos, entre refrigeradores científicos e caixas térmicas

A Enel Brasil vai disponibilizar 137 equipamentos a seis municípios da região metropolitana de São Paulo, para auxiliar no armazenamento e transporte de vacinas contra a Covid-19. As cidades contempladas são: Embu das Artes; Mauá; Rio Grande da Serra; Itapecerica da Serra; Itapevi e Pirapora do Bom Jesus. As entregas acontecem até essa sexta-feira, dia 12, e fazem parte do movimento nacional e apartidário Unidos pela Vacina, que tem a meta de viabilizar a imunização de todos os brasileiros. No total, as distribuidoras de São Paulo, Rio de Janeiro e Ceará, estão destinando cerca de R$ 3,3 milhões para a aquisição e entrega dos equipamentos, principalmente, por meio de investimentos do Programa de Eficiência Energética da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). “A ação é uma parceria que envolve prefeituras municipais, Governo do Estado e empresários paulistas, e tem como finalidade incentivar a imunização de todos os brasileiros. E deverá entregar, no total, 150 equipamentos, entre refrigeradores científicos e geladeiras, além de 200 caixas térmicas equipadas com termômetros para garantir o transporte adequado dos imunizantes”, afirma Solange Mello, gerente de Sustentabilidade da Enel Distribuição São Paulo.  Lançado em fevereiro deste ano, o Movimento Unidos pela Vacina é uma iniciativa do Grupo Mulheres do Brasil, liderado pela empresária Luiza Helena Trajano, em conjunto com empresários de todo o país, para acelerar o programa de vacinação da população brasileira. O movimento, que reúne centenas de entidades, empresas, associações e ONGs, realizou uma pesquisa diagnóstica para mapear as principais necessidades das prefeituras para promover a imunização da população. O levantamento contou com a participação de 100% dos municípios brasileiros e identificou que o armazenamento e transporte adequados das vacinas eram um dos principais desafios a serem vencidos.

A Enel e o grupo Mulheres do Brasil realizam os trabalhos no estado, para que empresas privadas e instituições possam amadrinhar todas as prefeituras de São Paulo. Com o amadrinhamento, uma empresa, pessoa física, instituição ou grupo de empresas se compromete a doar produtos e serviços que ajudarão a viabilizar o processo de vacinação, seja financiando ou coordenando o uso de recursos dentro da proposta acordada com as prefeituras. Em São Paulo, diversas empresas já se engajaram no movimento. O movimento Unidos Pela Vacina está aberto para formação de parcerias que apoiem o movimento com insumos, equipamentos de refrigeração, além de suporte na organização de drive-thru para vacinação. Companhias ou instituições interessadas podem entrar em contato diretamente com o movimento no e-mail sp@unidospelavacina.org.br.

Sobre o Unidos Pela Vacina – Criado a partir da iniciativa de Luiza Helena Trajano, presidente do Grupo Mulheres do Brasil, o Movimento Unidos Pela Vacina é apartidário e nasceu com o objetivo de tornar viável a vacinação de todos os brasileiros contra Covid-19 até setembro de 2021. Com esse propósito, mais de 4.500 pessoas entre artistas, cientistas, empresários e representantes de comunidades, entidades setoriais e da sociedade civil uniram-se à executiva e suas 100 mil voluntárias, potencializando suas forças e vozes em benefício da imunização da população. Com uma agenda de ações, estamos atuando para mobilizar governos, empresários e sociedade civil para retirar entraves e fazer com que a vacinação chegue o mais rápido possível para todos os cantos do Brasil. Para participar do movimento e fazer doações por meio de parcerias basta acessar o site Unidos Pela Vacina e enviar um e-mail para o endereço do estado onde fica a cidade que pretende ajudar. Mais informações no site: www.unidospelavacina.org

 

COMPARTILHE